Número de policiais militares na ativa cresce 22% no governo Camilo

Governo vem mantendo agenda de convocação de novos militares (Foto: Divulgação)

O número total de policiais militares na ativa no Ceará cresceu cerca de 22%desde o início da gestão Camilo Santana (PT), em 2015. Em números absolutos, a quantidade de PMs cearenses foi de 17,5 mil em 2015 para 21,2 mil no início deste ano – um reforço de 3,7 mil militares na tropa ativa.

As informações têm base na plataforma de Dados Abertos do Governo do Ceará. Na comparação entre o primeiro ano da gestão petista e o atual, chama atenção também o grande número de promoções ocorrida na corporação, sobretudo entre sargentos, que vem ocorrendo desde a posse do governador.

Em 2015, por exemplo, a folha do Estado registrava o pagamento de 1.878 1º sargentos da PM-CE. Neste ano, a mesma patente possuía 4.330 assalariados registrados, um crescimento de 130%. Já o número de oficiais com posto de major subiu de 144 para 240 (66,6%).

REPRESENTAÇÃO GRÁFICA: https://public.flourish.studio/visualisation/315870/?utm_source=embed&utm_campaign=visualisation/315870

Made with Flourish

Reforço policial

Questionada sobre o tema, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) não quis, a princípio, a confirmar o dado, que classificou como “sensível” para a segurança do Estado. Ao ser informada, no entanto, que o efetivo era público e estava listado na folha de pagamento, a pasta confirmou que o governo possui “cerca de 22 mil policiais”.

Ainda segundo a SSPDS, 6.121 policiais foram convocados desde 2015 pelo Governo do Ceará, em oito turmas que passaram pela Academia Estadual de Segurança Pública (AESP). “A última destas turmas, de 250 oficiais, está em formação”, diz.

Segundo a pasta, o reforço integra um total de cerca de 10 mil novos profissionais de segurança nomeados desde 2015. Entram nessa conta, além dos PMs, os policiais civis, bombeiros militares e agentes penitenciários do Estado.

(Levantamento estatístico: Matheus Mendes)