2 maquinistas feridos em acidente são transferidos para hospitais particulares

Colisão entre veículos do VLT ocorreu no sábado

Os maquinistas dos dois trens do Veículo Leve sobre Trilho (VLT), que se envolveram em um acidente na manhã deste sábado, 28, foram transferidos do Instituto José Frota (IJF) para hospitais da rede privada. De acordo com a assessoria de comunicação da unidade hospitalar municipal, o estado de saúde de ambos é considerado estável. As duas composições se chocaram nas proximidades da rotatória da BR-116, com avenida Aguanambi, no Bairro de Fátima. Um dos trens ia em direção à estação Parangaba e o outro à estação Papicu – trecho em operação assistida desde julho de 2017.

O acidente deixou 38 feridos, sendo dois deles em situação grave: os maquinistas dos veículos. Não houve mortos. Desde o início das operações dos VLTs no Estado, este é o sexto – e mais grave – acidente envolvendo o modal. Somente o laudo da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) poderá esclarecer, em definitivo, as causas da colisão entre dois trens do VLT, da linha Parangaba-Mucuripe. Contudo, Mario Ângelo Azevedo, professor do departamento de engenharia de transporte da UFC, aponta que, com os dois trens em sentidos opostos em trilhos paralelos, um aparelho que modifica a trajetória pode ter sido acionado.

O IJF informou que os 21 passageiros feridos no acidente, que ficaram internados na unidade, já receberam alta. Outros 17 feridos, conduzidos aos Frotinhas da Parangaba e de Messejana — também foram liberados das unidades hospitalares. A colisão frontal, que ocorreu nos trilhos sobre o cruzamento entre a rua Bartolomeu Gusmão e a avenida Aguanambi, deixou 38 pessoas feridas.

Dos 20 adultos acolhidos no IJF, 13 são mulheres e sete são homens. Uma criança também foi atendida. Os dois maquinistas dos veículos, que ficaram presos nas ferragens, foram encaminhados ao IJF em estado grave, mas não correm risco de morte.

O Frotinha de Parangaba recebeu 13 envolvidos no acidente, sendo sete mulheres e seis homens, que foram atendidos pelas equipes de profissionais do hospital e em seguida receberam alta. Mais quatro pessoas foram levadas ao Frotinha de Messejana, onde receberam atendimento e foram liberados na sequência.

Em nota, a Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor) informou que está apurando as circunstâncias do acidente. A operação da linha Parangaba-Mucuripe está suspensa. O relatório com as causas ainda não tem data prevista para ser divulgado.

Fonte: O POVO Online