Açude Caldeirões é o primeiro a sangrar em 2018; veja vídeo

Após 127 milímetros de chuva acumulados em fevereiro, Saboeiro viu o açude Caldeirões sangrar nesta terça-feira, 20. O município dos Sertões dos Inhamuns fica a 440 km de Fortaleza. O reservatório foi o primeiro do ano a transbordar em 2018, dos 155 monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh).

CLIQUE NO LINK E ASSISTA O VÍDEO:

https://www.facebook.com/soudosertaooficial/videos/580057795703647/

O reservatório tem maior probabilidade de sangria, uma vez tem pequeno porte, 1,13 hm³. Para comparação, o Orós, da mesma bacia hidrográfica (Alto Jaguaribe), tem capacidade de 1.940 hm³.
A água das chuvas que banharam a região dos Inhamuns nos últimos dias chegou a Saboeiro e agora segue pelo rio Jaguaribe em direção a Jucás e depois Iguatu, chegando ao Orós.
O Alto Jaguaribe, registrava nesta terça-feira, 6,14% de sua capacidade, o que corresponde a 170,5 hm³ de água. No total, o volume armazenado dos reservatórios cearenses se resume a 7,1%.
Esperança para os próximos dias é o açude Germinal, em Palmácia, distante 66,3 km da Capital, que chega perto do volume máximo. Nesta terça, a Cogerh apontou o volume do reservatório em 97,9%. 
Gráfico do volume de chuvas no posto Sítio Itaporanga, em Saboeiro (Fonte: Funceme)
Clima
Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), choveu em 115 cidades, nesta terça-feira. As precipitações chegaram a 148 milímetros, como no município de Milagres. Em Barro, Milagres e Mauriti a chuva superou 80 milímetros.
A previsão da Funceme para esta quarta-feira, 21, é de tempo nublado com possibilidade de chuvas em todas as regiões do Estado.
Redação O POVO Online