Avenida Beira Mar tem quinta-feira com ressaca e chuva forte

A previsão de ressaca do mar vai até às 21 horas desta sexta-feira, 2. A Capitania dos Portos do Ceará recomenda que embarcações de pequeno porte evitem navegar e que as demais redobrem a atenção neste período. Material de salvatagem, estado geral dos motores e casco, além de bomba de esgoto do porão, equipamentos de rádio e outros itens de segurança devem ser observados.

Vídeo: https://youtu.be/-kPWq79_CYM

Na tarde desta quinta, a chuva intensa se misturou à força das ondas. O cuidado dos carros ao passar pela orla da Beira Mar, em decorrência da quantidade de água, causou lentidão ao trânsito. A reportagem do O POVO Online esteve no local e pôde constatar uma considerável quantidade de lixo levado pela água.

Apesar do céu nublado, o empresário Janderson Miguel Alcântara não quis deixar de aproveitar a praia. Turista de Manaus, ele conta que não tem tempo para esperar o sol. “A gente veio pra se divertir sendo com chuva ou com sol, viemos para brincar de qualquer jeito. Lá a gente não tem isso, nossa praia é de água doce”, brinca o turista.

Vídeo: https://youtu.be/v79UgeYyK7A

Surfistas também desfrutaram do tempo fechado. O estudante de Nutrição, João Victor, que surfa desde pequeno acompanhado do pai, afirma ter pegado “altas ondas”. A rotina do surfe começou cedo para ele. “Desde 4h que a gente está na praia. Viemos da Praia do Futuro para cá”.

A aposentada Rosalinda, 68, veio de Brodowski, município de São Paulo, com os irmãos para curtir o sol, mas se frustrou com o clima e a má educação dos motoristas. “Está parecendo uma represa isso aqui (avenida Pessoa Anta) e o povo não tem nem educação para deixar os idosos passarem. Eles passam e espirram água na gente. De resto, tá tudo bom”, diz a turista.

A Praia de Iracema, nas imediações da Avenida Pessoa Anta, também teve ondas avançando além do normal. O alerta é da Marinha do Brasil, da Defesa Civil do Ceará e da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), é válido até as 21 horas da sexta, 2, quando as ondas devem atingir mais de 3 metros no fim da tarde.

Ocorrências na cidade

Conforme a Defesa Civil, foram registradas sete ocorrências durante esta quinta-feira, sendo seis riscos de desabamento: três na Regional III, dois na Regional VI e um na Regional I. Já na Regional V foi registrado o risco de queda de uma árvore.

(Foto: Mateus Dantas)

Fonte: O POVO Online