Cadela é resgatada na Praia de Iracema após sofrer estupro

Uma cadela foi resgatada na Praia de Iracema nessa quarta-feira, 4, após sofrer maus-tratos. A ocorrência está sendo investigada pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA).

Em uma postagem no Instagram, o abrigo São Lázaro divulgou um vídeo do animal após o resgate, em que mostra a área genital desfigurada e a ausência dos dentes, que foram arrancados. Segundo o texto, a cadela foi estuprada e provavelmente está sofrendo com problemas neurológicos.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Pessoal (SSPDS), o animal foi encontrado e resgatado por uma pessoa nas proximidades de um dos espigões com várias escoriações e levada para o abrigo, que cuida de animais abandonados.

As ocorrências envolvendo maus-tratos contra animais podem ser registradas em qualquer unidade da Polícia Civil. No caso das delegacias distritais, o procedimento será encaminhado para a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA). Já nos ocorridos no interior do Estado, as investigações ficam a cargo da unidade local responsável pelo município onde aconteceu o fato.

Denúncias

A Polícia Civil ressalta que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS); ou para o (85) 3247-2630, da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA). O sigilo e o anonimato são garantidos.

Fonte: O POVO Online