Câmara aprova regras mais brandas para professores

Por 465 votos a 25, Câmara acaba de aprovar, na tarde desta sexta-feira, 12, emenda do deputado federal cearense Idilvan Alencar, do PDT. O destaque de número 43 reduz em cinco anos a idade mínima de professores das redes pública e privada do País.

Com a emenda ao texto base da reforma da Previdência, professores passam a se aposentar aos 55 anos e professoras aos 52. Na redação original da proposta, o patamar de aposentadoria era de 60 anos (homens) e 57 (mulheres).

O destaque de Idilvan era a última medida em votação que ainda poderia garantir regras mais brandas para a categoria, que vinha pressionando parlamentares. Ainda ontem, o líder do PDT na Casa, deputado André Figueiredo, costurou acordo com o presidente Rodrigo Maia (DEM) e parlamentares do centrão para aprovar o destaque, um dos seis votados pela Câmara até agora.

Fonte: O POVO Online