Camilo se reúne com bancada cearense para discutir novo modelo de saúde

CAMILO Santana reuniu em Brasília bancada federal do Ceará para apresentar Plataforma de Modernização da Saúde

O governador Camilo Santana (PT) se reuniu ontem com 11 dos 22 deputados federais e dois senadores do Ceará, em Brasília. O encontro tinha dois propósitos: apresentar o novo sistema de saúde do Estado e convencer os parlamentares a destinarem recursos de emendas que possam viabilizar a proposta, que será votada hoje na Assembleia Legislativa do Estado (AL-CE).

O prazo para cadastro das emendas ao Orçamento de 2020 se encerra ainda em outubro deste ano. Camilo volta a Brasília semana que vem, para nova rodada de conversa com a bancada, desta vez para tratar da reforma tributária.

Governador Camilo Santana reúne bancada federal para apresentar Plataforma de Modernização da Saúde

Participaram da reunião Aníbal Gomes (DEM), Moses Rodrigues (MDB), José Guimarães (PT), Robério Monteiro (PDT), Idilvan Alencar (PDT), André Figueiredo (PDT), Denis Bezerra (PSB), Pedro Bezerra (PTB), Leônidas Cristino (PDT), Eduardo Bismarck (PDT) e Domingos Neto (PSD), coordenador da bancada. Entre os senadores, estiveram presentes Eduardo Girão (Podemos) e Cid Gomes (PDT).

De autoria do Executivo estadual, as mensagens 69 e 70 reestruturam toda a rede de saúde pública cearense a partir de uma nova plataforma, integralmente informatizada, e da criação de cinco macrorregiões. Aprovadas em comissão na AL-CE ontem, elas serão analisadas em plenário nesta quinta-feira.

OUÇA: Camilo ressalta importância da sintonia entre o Executivo e o Parlamento para a discussão das políticas públicas.

https://soundcloud.com/user-55086460/camilo-santana-fala-sobre-plano-de-modernizacao-da-saude

Titular da Secretaria da Saúde (Sesa), Carlos Roberto Martins Rodrigues, o Cabeto, participou do encontro para tratar do modelo com os deputados. “Apresentamos a plataforma para a bancada. Estamos num processo similar ao que fizemos na AL”, disse o secretário, que esteve duas vezes no Legislativo nas últimas semanas.

Questionado sobre a reação ao projeto, chamado pelo Governo de “modernização da saúde”, Cabeto afirmou que eles “estão bem alinhados com os propósitos” do Estado e se comprometeram a “fazer uma reunião para ver como ajudar”. O secretário acrescentou que os parlamentares “elogiaram muito” a remodelação do sistema, considerada crucial, e que “eles entendem o benefício que isso pode trazer”.

Outro ponto sobre o qual tratam as mensagens é a criação de um hospital no campus do Itaperi, da Universidade Estadual do Ceará (Uece). “Vamos construir uma unidade no campus, ampliando o número leitos do César Cals e servindo de campus para a Uece. É um redesenho do perfil”, registrou Cabeto.

Sobre a possibilidade de carrear verba para a mudança na rede, o chefe da Sesa projetou: “Acho que os deputados vão manter uma tradição das emendas de bancada impositiva. Há possibilidade de aporte de emendas de bancadas e individuais”.

Também participante do encontro em Brasília, o presidente da AL-CE, deputado estadual José Sarto (PDT), afirmou que a ideia era “apresentar a plataforma de modernização” e “a ideia geral da estrutura, como a construção da rede hospitalar do Norte, Juazeiro e Sertão Central”.

Segundo o pedetista, “toda a rede física de hospitais do Ceará fará uma regionalização integrada, dentro do conceito de governança” e que, para tanto, o grupo “foi discutir com a bancada federal e buscar novos recursos”.

De acordo com ele, “como o Congresso tem um orçamento impositivo, é para sensibilizar para que o pessoal direcione para arranjar (a nova estrutura)”. Sarto relatou ainda que a recepção dos deputados “foi boa” e que “há um histórico de pactuação da bancada com o governo” para “trazer recursos” ao Ceará.

O deputado Idilvan Alencar contou que o saldo da reunião foi positivo, mas que os parlamentares tinham dúvida sobre como ajudar. Um dos que perguntaram se a finalidade do encontro seria discutir destinação de emenda foi Cid Gomes. “O governador não foi explícito (no pedido). A ideia era mesmo apresentar”, assinalou o pedetista.

Fonte: O POVO Online