“Cartão pré-pago” será alternativa para pagamento de passagem de ônibus

Projeto de lei quer que dinheiro também seja aceito no transporte público de Fortaleza

O passageiro que não tiver nenhum tipo de cartão de transporte eletrônico, mas precisar utilizar os serviços de ônibus em Fortaleza, poderá, em data a ser definida, utilizar uma nova alternativa: um tipo de cartão pré-pago. A informação foi apurada pelo O POVO Online durante o lançamento do Relatório Anual de Segurança Viária, na manhã desta quarta-feira, 18.

“O Sindiônibus vai lançar essa semana um programa onde o próprio motorista vai ter ali um cartão pré-pago. No caso de o usuário chegar no ônibus e estar sem o Bilhete Único dele, ele pode comprar o cartão pré-pago com o motorista e entrar no ônibus”, explicou o secretário-executivo da Conservação e dos Serviços Públicos, Luiz Alberto Sabóia, durante o evento.

Nesta quinta-feira 19, uma coletiva de imprensa do Sindiônibus está marcada para as 9 horas, no auditório da entidade para serem anunciadas as novidades do órgãos em relação à mobilidade de Fortaleza.

Estatísticas de assaltos, uma nova função do aplicativo Meu Ônibus, além da opção para quem precisa pegar o transporte, mas não possui nenhum dos cartões eletrônicos, são novidades a serem anunciadas, segundo nota divulgada nesta quarta.

Um das novidades já podem ser utilizadas. O aplicativo Meu Ônibus, além de recarga online de passagens e informação do tempo de chegada dos ônibus, agora conta com a função de roteirização. Ao digitar um endereço, o app apresenta quais as opções de linhas que levam ao destino de acordo com a localização do usuário e quais as paradas de ônibus mais próximas. Também mostra todo o trajeto que o ônibus irá fazer.

Pagamento e reclamações

O Sindiônibus apresentará as mudanças nas possibilidades de pagamento após cenário de recorrentes reclamações de passageiros e conflitos entre motoristas e usuários desde que o pagamento exclusivamente eletrônico passou a vigorar em alguns veículos. No início do mês, um motorista acionou a Polícia e um passageiro foi retirado de ônibus por não ter crédito no Bilhete Único. Alguns usuários também reclamam do transporte público que não aceita passagem paga em dinheiro após as 22 horas.

A nova opção de pagamento a ser anunciada abrangerá vale-transporte eletrônico, vale eletrônico avulso, carteira de estudante, Bilhete Único, entre outros.

A frota de transporte coletivo com autoatendimento aumentou. Conforme apurado pelo O POVO em julho de 2019, 80% das passagens de ônibus são pagas via cartão em Fortaleza.

Bilhetinho como opção para crianças

Opção para trafegar nos veículos de forma gratuita para crianças com menos de 1,10 metro e/ou com idade entre dois e sete anos incompletos, o Bilhetinho já é realidade desde 2013. O cadastro pode ser realizado na Etufor pelos responsáveis pela criança. Apenas em 2019, foram entregues 3.791 Bilhetinhos, totalizando quase 30 mil cartões emitidos desde 2013, conforme levantamento divulgado pela Prefeitura.

Com informações do repórter Ítalo Cosme.

Fonte: O POVO Online