Ceará e Fortaleza são os principais geradores de energia solar fotovoltaica

O estado do Ceará e a capital Fortaleza são os principais locais do Nordeste em potência instalada na geração de energia solar fotovoltaica distribuída na região. Os dados são do mapeamento da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), divulgado no mês passado.

O território cearense conta com 22,9 megawatts (MW) em potência instalada, o que representa 3,6%. No ranking estadual no País ocupa a oitava posição. A Capital possui 8,1 MW, no qual corresponde 1,3%, e no ranking municipal está na sexta colocação.

O estado de Minas Gerais e a cidade de Uberlândia, município do território mineiro, são os principais geradores de energia solar fotovoltaica distribuída no Brasil, ficando em primeiro lugar tanto no ranking estadual (137 MW) como no municipal (12 MW), respectivamente.

O levantamento foi feito com base nos dados atualizados no mês de fevereiro pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Produção de energia

A energia solar fotovoltaica é obtida por meio da conversão direta da luz em eletricidade por meio do efeito fotovoltaico, no qual podem ser considerados painéis ou placas solares – um dispositivo fabricado com material semicondutor – sendo a unidade fundamental desse processo de conversão.

Conforme dados da Absolar, a geração solar distribuída se refere aos sistemas de microgeração (até 75 quilowatts – kW) e minigeração (acima de 75 kW até 5 MW) distribuída solar fotovoltaicos implantados em residências, comércios, indústrias, propriedades rurais e prédios públicos.

O Brasil ficou na 10ª posição em 2017 – ano em que o País ingressou no ranking mundial do setor solar fotovoltaico – com investimento de 0,9 gigawatt (GW) em potência instalada na geração dessa energia. Na matriz elétrica brasileira, possui 2.056 megawatts (MW), no qual representa 1,2%.

 

Fonte: O POVO Online