Coroinha é morto em Maracanaú; outro homicídio é registrado dentro de igreja

Durante o feriadão da Semana Santa, foram registradas as mortes de um coroinha de 15 anos, em Maracanaú, no sábado, 31, e de um homem dentro de uma igreja, no Conjunto João Paulo II, Barroso, neste domingo, 1º. Os dois crimes aconteceram em menos de 24 horas.

 

O latrocínio vitimou Esmarley Silva, de 15 anos. O adolescente era coroinha na Capela da Imaculada Conceição, no bairro Canidezinho, segundo informações do blog Ancoradouro. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o crime aconteceu no bairro Pajuçara. O jovem foi morto com disparos de arma de fogo e golpes de faca.

Conforme o blog, ele foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte). “A informação chegou à Ciops por volta da meia-noite, quando viaturas da Polícia Militar do Ceará (PMCE) se dirigiram até o local do crime, na rua José Ferreira Costa. Um inquérito policial foi instaurado na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Agora, a Polícia Civil apura as circunstâncias do crime e diligências estão em andamento visando a identificar e prender os autores do fato”, informou.

Um colega de Esmarley conversou com  O POVO Online e disse que por ser 1º de Abril, os colegas dele chegaram a pensar que o caso seria algum tipo de mentira, no entanto, quando se depararam com os depoimentos de luto dos pais do jovem, confirmaram o que havia acontecido.

“Ele era uma pessoa curiosa para aprender as coisas. Sempre buscou conhecimento. Alegre. E essa alegria dele fez com que ele tivesse muitos amigos”, disse.

Conforme o amigo, a vítima era coroinha há dois anos e meio, na comunidade Parque Jerusalém, onde morou. Mas havia se mudado para o Maracanaú recentemente. “A informação que a gente tem é que ele foi assaltado e aconteceu isso”, relata.

Barroso 

Crime aconteceu no altar da igreja. FOTO: via WhatsApp O POVO

Já o homicídio registrado no Conjunto João Paulo II aconteceu em igreja católica localizada na praça do bairro. A vítima foi morta perto do altar, antes da missa da Ressureição. Conforme a SSPDS, a vítima foi identificada como Francisco Fábio dos Santos, de 40 anos. Conforme os profissionais de segurança apuraram, ele tentou se esconder no local, mas foi surpreendido e morto pelos três executores, que vieram da parte externa da igreja. Após o fato, o trio se evadiu. O órgão informou que trabalha para capturar os criminosos.

Fonte: O POVO Online