Em “jogo de seis pontos”, Fortaleza recebe a Chapecoense no Castelão

Após ficar de fora do jogo contra o São Paulo, Romarinho deve voltar ao time titular

Fortaleza entra em campo hoje para disputar um dos três confrontos-chave que fará em casa no returno do Brasileirão. O adversário desta quarta-feira é a Chapecoense-SC, em jogo marcado para as 20h30min, na Arena Castelão, um dos principais rivais na luta contra o rebaixamento.

O Tricolor começa a 24ª rodada na 14ª colocação com 25 pontos — três pontos de vantagem para o Z-4 e 10 acima do Índio Condá, que está em situação desesperadora no Campeonato. Atual lanterna da Série A, o clube catarinense vem de longo jejum de vitórias e precisa a todo custo do resultado para ganhar sobrevida na competição.

Para o Leão do Pici, o jogo é um duelo de seis pontos. Atuando na condição de mandante, o Tricolor terá ainda, até o restante da temporada, duelos contra Ceará e CSA-AL, com a chance de somar os três pontos e impedir que os adversários pontuem na luta para escapar da degola.

Na terceira partida que comanda desde o retorno ao clube, Rogério Ceni tenta emplacar a segunda vitória, com a expectativa de repetir a boa atuação do time na vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo-RJ. Espera-se ainda que as lições da derrota na última rodada, para o São Paulo, por 2 a 1, tenham sido absorvidas pelo elenco.

No choque direto contra a Chape, Ceni deve poder contar com todos os jogadores considerados titulares — uma vez que poderá contar com o atacante Romarinho. O atleta foi preservado do jogo passado, por quadro de fadiga muscular, mas voltou aos treinos e está pronto para voltar aos gramados. Com isso, deve ocupa a vaga que foi de André Luís no jogo passado.

Diante desse cenário, o treinador terá a oportunidade de montar o ataque mais uma vez no esquema 4-2-4, com uma linha de quatro homens na frente. O Tricolor também pode ter duas novidades na defesa. Tinga disputa vaga com Gabriel Dias na lateral direita. Já na zaga, Paulão pode aparecer de titular, formando dupla com Quintero. Jackson, que participou do lance do gol da vitória diante do Botafogo, perderia vaga no time.

O jogo de hoje na Arena Castelão é apenas o segundo encontro oficial de Fortaleza e Chapecoense — o primeiro foi justamente no primeiro turno deste Brasileirão, quando o Leão venceu por 3 a 1, na Arena Condá, em 19 de maio.

A partida desta quarta-feira marca também o reencontro de Marquinhos Santos com o Fortaleza, clube que dirigiu em duas passagens, entre 2016 e 2017.

Em busca de sua primeira vitória à frente da Chape, o treinador terá cinco desfalques por lesão: o lateral-direito Eduardo, que se recupera de inflamação tibial após retirada de tumor benigno na perna esquerda, o zagueiro Gum, que trata estiramento na musculatura das costas, o volante Augusto, com dores musculares, e os atacantes Henrique Almeida e Renato, em fase de transição.

Por outro lado, Marquinhos Santos terá novamente à sua disposição Bruno Pacheco, que volta de suspensão automática.

FONTE: O POVO ONLINE