Governo está se esforçando para finalizar transposição, diz Temer

A SOLENIDADE de abertura do fórum aconteceu no Palácio Itamaraty EVARISTO SÁ/AFP

O presidente Michel Temer destacou, na manhã de ontem, que o Governo se esforça para terminar a transposição do rio São Francisco. “Preservar não basta, é preciso fazer chegar a água aos lares das famílias. Há comunidades que ainda lutam contra a seca, daí o nosso empenho na transposição do rio São Francisco. Trata-se de projeto antigo que agora estamos finalizando”, disse, durante a abertura do 8º Fórum Mundial da Água, em Brasília.

Temer classificou essa como a “maior obra hídrica do Brasil” e destacou que seu governo lançou o programa Novo Chico, para revitalizar do rio. Na solenidade, o presidente anunciou também que o Governo vai enviar um projeto de lei para aprimorar ações de saneamento básico, “que ainda resta muito por fazer”. A oitava edição do fórum — que acontece pela primeira vez em um país do hemisfério sul — segue até sexta-feira, 23, debatendo a crise global dos recursos hídricos, sem “tempo a perder”, segundo o presidente. O presidente do Conselho Mundial da Água, o brasileiro Benedito Braga, ressaltou a importância de os líderes mundiais discutirem o compartilhamento da água, uma vez que 261 bacias hidrográficas estão em áreas que abrangem mais de um país.

O fórum, que deve contar com 40 mil participantes — 5 mil estrangeiros —, coincide com secas que levaram grandes centros urbanos, como a sul-africana Cidade do Cabo, à beira do desabastecimento. Em Brasília mesmo, a poucos metros do estacionamento do estádio Mané Garrincha, onde o Governo ergueu estruturas para sediar o fórum, as torneiras ontem estavam secas. Era dia de racionamento. Mas não há falta de água na área do estádio e do Centro de Convenções Ulisses Guimarães. O governador do DF, Rodrigo Rollemberg, disse que a região sairá dessa situação até o fim do ano.

(das agências) – O POVO Online