Grupo queima objetos e quebra semáforo em possível retaliação à morte de jovem

Um grupo de pessoas queimou pneus, objetos e arremessou pedras em semafóros na avenida Presidente Castelo Branco (Leste-Oeste) na manhã desta quinta-feira, 12. Equipes do Corpo de Bombeiros Militar debelaram as chamas. O protesto seria uma retaliação contra morte decorrente de intervenção policial, conforme a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS)
Em vídeo enviado à reportagem, é possível ver pessoas quebrando um semáforo jogando pedras. A ocorrência, segundo fonte ouvida pelo O POVO Online que pede para não ser identificada, foi por volta das 8 horas da manhã e aconteceu próxima à ponte da Barra do Ceará. A Polícia Militar do Ceará (PMCE) esteve no local para dispersar o grupo. Segundo a SSPDS, o caso seria uma manifestação da comunidade pela morte de Tiago Dias de Araújo, 25, durante operação policial no Morro do Santiago, ocorrida na noite de ontem, 11.
O rapaz, que foi apreendido com uma pistola calibre 380, trocou tiros com a Força Tática da PMCE e acabou sendo baleado. Ele chegou a ser encaminhado para uma unidade de saúde, mas não resistiu. As investigações estão a cargo do 33º Distrito Policial da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE).
A ação aconteceu em frente à Escola Municipal Agostinho Moreira. Fonte ouvida pelo O POVO Online, que também pede para não ser identificada, diz que o grupo, composto em maioria por homens encapuzados, avisou ao pais dos alunos da instituição para ninguém sair de casa “que hoje vai ter”.
Fonte: O POVO Online