Joice Hasselmann culpa governadores do Nordeste por desgaste da Reforma

A DEPUTADA participou na noite de ontem em Fortaleza de evento com empresários

Líder do governo Jair Bolsonaro no Congresso Nacional, a deputada federal Joice Hasselmann (PSL/SP), em entrevista à rádio O POVO CBN, culpou os governadores do Nordeste pelo desgaste sofrido pela Reforma da Previdência. Ela está em Fortaleza para o Fórum Industrial Ideias em Debate, promovido pela Federação das Indústrias do Estado (Fiec).

“Nós tivemos um desgaste muito grande pelos partidos da oposição e que comandam os estados do Nordeste. Desde o início, os partidos dos governadores do Nordeste atacaram e muito a Reforma, fizeram ampla campanha contra. E esse ataque duro à Reforma fez com que outros deputados de outros partidos de centro não votassem para inclusão de estados e municípios. Foi um efeito bumerangue”, explicou.

“Quando os governadores viram que o discurso se voltou contra eles, bateu aquele desespero porque é realmente ruim estados e municípios ficarem fora da nova Previdência”, continua a deputada. “Acontece que a coisa está aos 48 minutos do segundo tempo e há um prazo limite até amanhã para que esses governadores se comprometam a colocar voto. Sem a nova Previdência o País quebra”.

Questionada sobre a crise gerada no governo Bolsonaro após os vazamentos de mensagens do ministro Sergio Moro enquanto juiz da Operação Lava Jato, ela afirmou que “não foi crise” e atacou o jornalista Glenn Greenwald, do The Intercept Brasil.

“Isso aí é a montanha que pariu um rato. Foi um balão de ensaio criado por um panfletim. Esse jornalista – ou pseudo jornalista, ativista, ou sei lá que nome se dá pra isso – Gleen, é um panfletário”, disparou. “Absolutamente ideológico, um moleque de esquerda que usou de um crime que foi cometido para atacar o ministro. O povo brasileiro não cai mais nesse tipo de armação. Fortalceu o nosso ministro Sergio Moro”.

Fonte: O POVO Online