Metrofor apura descarrilamento de trem durante mudança de via

Parte de um dos trens da Linha Sul do Metrô de Fortaleza (Metrofor) descarrilou ao fazer mudança de via. O acidente, que ocorreu no último sábado, 10, está sendo investigado. Segundo o órgão, não houve choque entre os vagões. Um processo administrativo foi instaurado para apurar a falha do Aparelho de Mudança de Via (AMV).
“O fato não representou riscos, pois o trem, vazio, iniciava deslocamento para o Centro de Manutenção, como rotina”, informou a instituição. Durante o domingo, 11, as equipes de manutenção resolveram o problema no equipamento. Na segunda-feira, 12, houve operação normal da Linha.
Segurança
No início desta semana, a entrada da Estação José de Alencar, localizada na avenida Tristão Gonçalves, sofreu com as chuvas. As escadarias de acesso ao local viraram uma “cachoeira”. Segundo o Metrofor,  a entrada de água se deu por conta da sujeira acumulada nas bocas de lobos das ruas do entorno da estação.
Em janeiro deste ano, a circulação de quatro trens foi suspensa por 40 minutos quando uma pane elétrica na subestação do equipamento, localizada no bairro Benfica, provocou a “desenergização em uma catenária” da Linha Sul.
Sobre os transtornos recentes enfrentados pelos passageiros, o órgão informou que os funcionários que fazem a operação do metrô passam por treinamento. Além disso, explicou que os vagões possuem sistema de segurança operacional, incluindo rastreamento. “Como resultado das medidas de segurança operacional, o metrô não possui histórico de colisões e descarrilamentos, sendo o episódio um acontecimento fora da rotina e que, como dito anteriormente, já está sendo investigado”, ressaltou a nota.
Redação O POVO Online