Ministério do Turismo fiscalizará hotéis em Fortaleza

Fortaleza receberá nesta semana uma equipe de fiscais do Ministério do Turismo para tentar sensibilizar a rede hoteleira sobre a necessidade de formalização do setor e, por consequência, a garantia de ampliação do número de pessoas físicas e jurídicas no cadastro de prestadores de serviços turísticos, o Cadastur.

A ação é parte da Operação Verão Legal, que promete visitar todas as capitais. Até agora, a Operação já visitou Brasília, Rio de Janeiro, Boa Vista, Maceió, João Pessoa, Palmas, Aracaju e Teresina. Até abril, conforme a pasta, todos as capitais brasileiras serão visitadas.

O ministro do Turismo, Marx Beltrão, diz que a força-tarefa irá beneficiar não apenas o setor turístico, mas também o viajante que, segundo ele, ganhará em qualidade e segurança, visto que os profissionais estarão regularizados.

O cadastro é obrigatório também para outras seis categorias: agência de turismo, parque temático, acampamento turístico, organizadora de eventos, guia de turismo e transportadora turística. O programa de fiscalização, informa o ministério, está cadastrando 64.591 estabelecimentos, um crescimento de 14% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Os locais que forem flagrados com cadastro fora da validade serão considerados ilegais e estarão passíveis de autuação pelos órgãos de controle. Em caso de a situação não ser regularizada, a empresa pode ser penalizada com uma multa de R$ 854 mil.

Redação O POVO Online