Mulher denuncia golpe de venda de desinfetante usado para dopar vítimas

Uma mulher denunciou um suposto golpe de venda de desinfetante em Fortaleza que teria o objetivo de dopar vítimas. Após passar mal ao inalar de forma involuntária o produto oferecido por uma criança de aproximadamente 12 anos, nessa quinta-feira, 13, a vítima relata que passou mal e quase desmaiou.

De acordo com a mulher de 33 anos, que pediu para não ser identificada, enquanto transitava na avenida Washington Soares, no bairro Messejana, foi abordada pela criança que vendia o desinfetante. Como a vítima não tinha dinheiro, o menino chegou a oferecer para ela passar o valor no cartão do débito e em seguida abriu a garrafa do produto e pediu que ela inalasse “para ver como era cheiroso”, no entanto ela segurou a respiração e afastou-se.

A mulher relata ao O POVO Online que chegou a inalar um pouco do produto e conseguiu dirigir alguns quilômetros. Em seguida, passou mal e quase desmaiou. Ela foi amparada por um vigilante de uma loja próxima ao local da abordagem e conseguiu acionar a Polícia. Conforme a vítima, os policiais demonstraram conhecer outros casos parecidos. Ela acredita que seria dopada e roubada.

A vítima afirma ainda que recebeu a informação que um grupo do interior do Estado estaria envolvido com as práticas. Nervosa, ela informou que ainda não foi a uma delegacia para realizar o Boletim de Ocorrência (B.O.), mas ainda vai registrar o caso. O POVO Online pediu nota à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e o órgão respondeu que não tem registros do caso.

Fonte: O POVO Online