OMS promove segunda reunião de emergência nesta quinta-feira, 30

A Organização Mundial da Saúde (OMS) realiza hoje, 30, a segunda reunião de emergência para avaliar se o surto de coronavírus constitui emergência internacional de saúde. Brasil tem nove casos suspeitos da doença, um deles no Ceará.

Nessa quarta-feira, 29, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse que o aumento contínuo de casos e evidências de transmissão entre pessoas fora da China é profundamente preocupante. “Embora o número de casos fora da China seja relativamente pequeno, ele tem potencial para uma epidemia ainda maior”, diz.

A OMS promoveu a primeira reunião de emergência há uma semana e concluiu que era muito cedo para declarar emergência internacional de saúde. Até então, a transmissão de pessoa para pessoa havia sido descoberta somente na China.

Estudo sobre coronavírus

O Instituto de Virologia de Wuhan, da Academia Chinesa de Ciências, anunciou nessa quarta-feira, 29, os resultados de análises sobre o vírus em seu site oficial. O relatório diz que a sequência genética do novo coronavírus é 96% idêntica à de um vírus encontrado em morcegos.

O líder da equipe de especialistas médicos do governo chinês, Zhong Nanshan, repercutiu a descoberta. Em entrevista à mídia estatal, ele disse que o novo coronavírus tem a mesma origem que os vírus que foram encontrados em morcegos em 2017.

Zhong afirmou que, assim como no caso da Síndrome Respiratória Aguda (Sars), o coronavírus pode ser transmitido de morcegos para humanos por meio de outros animais silvestres. Ele afirmou que testes genéticos estão sendo feitos em vários tipos de animais silvestres para determinar a causa.

*Emissora pública de televisão do Japão

FONTE: O POVO ONLINE