PF investiga ameaça a auditores-fiscais do Trabalho em Caucaia

A Polícia Federal (PF) cumpre três mandados de busca e apreensão, em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza (MPF), em operação que investiga denúncia de ameaça contra auditores-fiscais do Trabalho no Ceará. Os mandados, que fazem parte da Operação Intimidação, foram deferidos pela Justiça Federal após representação em inquérito policial.

Em nota, a PF informou que começou a apurar o caso a partir da informação de que um empresário teria ameaçado auditores-fiscais do Trabalho que haviam fiscalizado sua atividade econômica em Caucaia. Ele teria ameaçado os profissionais na sede da Procuradoria Geral do Trabalho, em Fortaleza. O motivo, ainda segundo a PF, seria vingança pelo fato do empresário suspeito ter sido incluído na Lista Suja do Trabalho Escravo.

A Justiça Federal proibiu o empresário de se comunicar ou se aproximar das vítimas, das sedes de órgãos públicos de fiscalização do trabalho e do Ministério Público do Trabalho. Ele poderá ser preso caso descumpra a determinação judicial.

Após ser indiciado pelo crime de ameaça, de acordo com o artigo 147 do Código Penal, o empresário poderá cumprir pena de detenção de até um ano. A PF segue com as investigações analisando o material apreendido e apurando possível envolvimento de outras pessoas.

Fonte: O POVO Online