Plano de Bolsonaro para o Nordeste

Jair Bolsonaro posa para foto com chapéu de cangaceiro durante visita ao Ceará na campanha de 2018

Logo mais, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) desembarca pela primeira vez desde o início de seu mandato em um estado nordestino. O pesselista deve visitar duas cidades pernambucanas, Recife e Petrolina, em uma rápida passagem pelo Nordeste, com apenas duas agendas oficiais e sem uma comitiva presidencial confirmada.

VÍDEO: https://youtu.be/zbCQphWtJXM

A visita indica uma tentativa de aproximação da única região no país na qual Bolsonaro foi derrotado em todos os estados nas eleições de 2018. Além disso, Nordeste é também onde o presidente tem a pior avaliação da gestão: 40% o consideram ruim ou péssimo, segundo pesquisa do Ibope divulgada no final de abril.

Na capital pernambucana, Bolsonaro participa da reunião do Conselho Deliberativo da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) para discutir o Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE). Do encontro também devem participar os nove governadores nordestinos, além dos de Minas Gerais e Espírito Santo – estados que também integram a Sudene.

Dividido em seis eixos – Inovação, Desenvolvimento de Capacidades Humanas, Dinamização e Diversificação Produtiva, Segurança Hídrica e Conservação Ambiental, Desenvolvimento Social e Desenvolvimento Institucional -, o planejamento estabelece metas para os próximos 12 anos.

Ampliação da oferta de educação em tempo integral; expansão da rede de fibra óptica no território nordestino – o Cinturão Digital do Nordeste -; reestruturação do sistema prisional; implantação de parques de energias renováveis estão entre as mais de 800 ações elencadas pelo plano, que deverá ser votado amanhã.

“Pensamos os problemas da região, identificamos os potenciais e as áreas em que podemos aportar recursos de forma estruturante. A ideia é tirar de ações difusas, isoladas, e criar algo que sistematicamente faça sentido e desenvolva a região”, explica o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto. Segundo ele, que também estará em Pernambuco, a visita de Bolsonaro ao Nordeste representa “um marco para a região”.

“Haverá conjugação de esforços para definição de prioridades do Nordeste”, considera o superintendente da Sudene, Mário Gordilho. Em um momento em que o governo federal realiza contingenciamento de recursos em diversas áreas, Gordilho ainda não sabe precisar o orçamento que será necessário para efetivar o plano. “Não tenho como lhe dar uma ideia mais precisa (do custo). Temos muito caminho pela frente”, afirma.

Ações específicas para o Ceará estão previstas no plano elaborado pela Sudene, como ampliação e recuperação de 4 rodovias que passam pelo estado, além de implantação do Arco Rodoviário de Fortaleza e ampliação da rede de transporte metroviário de alta capacidade da capital cearense.

Além disso, dos 41 municípios estratégicos de médio porte para o PRNDE, cinco são cearenses: Sobral, Crateús, Quixadá, Juazeiro do Norte e Iguatu. Fortaleza também terá prioridade, assim como todas as capitais.

“O superintendente da Sudene vinha discutindo com cada estado”, relata Camilo Santana (PT), que deve participar da reunião com o presidente em Recife. “A ideia é que a gente possa sugerir e que a Sudene seja esse grande representante do governo federal que possa coordenar essas ações. Será um momento importante de diálogo”, considera o petista.

Outros governadores também esperam que seja um espaço para discussão das demandas da região. “O problema é que o governo está perdido. Particularmente, não acredito que eles implementem o plano, mas só o fato de quererem aprovar já é bom”, disse Flávio Dino (PCdoB), governador do Maranhão. “Então é hora de todo mundo descer do palanque e trabalhar muito”, completou o governador do Piauí, Wellington Dias (PT).

Itinerário da viagem

Recife

Presidente participa de reunião do Conselho Deliberativo da Sudene no Instituto Ricardo Brennand, às 10h45min. Participam do encontro os nove governadores nordestinos e também os de 
Minas Gerais e Espírito Santo.

Petrolina

Bolsonaro inaugura Residencial Morada Nova, do Programa Minha Casa Minha Vida, às 14h30min.

Fonte: O POVO Online