PM atende denúncia de maus-tratos a cachorro, mas ele era de plástico

Adorno era usado para espantar assaltantes

A Polícia Militar do Meio Ambiente de São Lourenço, em Minas Gerais, foi acionada na quarta-feira, 8, por uma denúncia de maus-tratos contra um cachorro na cidade vizinha, Baependi. Os agentes chegaram ao local e, de fato, encontraram o cachorro, mas com uma surpresa: ele era de plástico. As informações são do portal G1.

A queixa indicava que um cão da raça rottweiler era mantido acorrentado a uma parede há dias, sem água nem comida. Logo a PM Ambienal de São Lourenço se deslocou por 33 quilômetros até Baependi e foi ao sítio, na zona rural do Município, onde o suposto animal estava preso.

Ao chegar, os oficiais notaram que o animal era um enfeite de plástico. Na casa vive um casal de idosos que, segundo apurado, mantém o adorno para assustar possíveis criminosos da região.

Após o mal-entendido, os donos foram liberados.

Fonte: O POVO Online