Polícia Civil pediu arquivamento de abuso sexual cometido por prefeito

Motivos teriam sido falta de provas e prescrição da denúncia. Prefeito afastado, José Hilson Paiva foi preso nesta sexta-feira, 19

Polícia Civil chegou a solicitar o arquivamento de denúncia de abuso sexual cometido pelo médico José Hilson Paiva. A confirmação da informação foi dada na tarde desta sexta-feira, 19, durante entrevista coletiva sobre a prisão do hoje prefeito afastado de Uruburetama. Motivos seriam a falta de provas ou a prescrição destas.

Sem informar a data, o diretor do Departamento de Polícia do Interior Norte (DPI-Norte), Marcos Aurélio França, afirmou que uma vítima denunciou que havia sido abusada por Hilson durante consulta ginecológica – especialização da qual não dispõe.

Conforme França, a Polícia Civil realizou diligências e investigações “com intuito de robustecer a prova”, e que à época, filmagens gravadas pelo próprio médico enquanto atendia as vítimas ainda “não tinham vindo à lucidez, estavam escondidas”.

“Mesmo assim, nós ouvimos a vítima e o prefeito. Ele negou, obviamente, a autoria. Todos os elementos de prova que nós tentamos obter no intuito de fortalecer, dar elementos ao Ministério Público, para denunciar, nós tentamos, mas não obtivemos êxito”, declarou.

Na sequência, o diretor do DPI informou que os relatos narrados pela vítima seriam “equivalentes aos que estão sendo publicados agora”. “A palavra da vítima nesses crimes sexuais tem uma importância ímpar, uma importância acima do comum. Mas no caso em questão, nós não conseguimos elementos de prova suficientes para indiciar o prefeito”, relembrou França.

Ele complementou: “Por esse motivo é que foi solicitado o arquivamento. Realmente a Polícia Civil pediu o arquivamento, primeiro por falta de provas e, segundo, mesmo caso as provas tivessem elementos suficientes, elas estariam prescritas.”

O POVO Online entrou em contato nesta noite, por email, com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), questionando sobre a data em que tal solicitação de arquivamento aconteceu. Reportagem aguarda resposta.

Assista à coletiva completa:

https://www.facebook.com/OPOVOOnline/videos/418108762382592/

Fonte: O POVO Online