Polícia desmonta laboratório subterrâneo de drogas

Polícia desmonta laboratório subterrâneo de drogas na Comunidade Mana, nesta sexta-feira, 11, em Fortaleza

A Polícia Militar do Ceará (PMCE) desmontou um laboratório subterrâneo de entorpecentes nesta sexta-feira, 11, na Comunidade Mana, entre os bairros José Walter e o Conjunto Palmeiras. No local, os agentes encontraram material que seria utilizado para o tráfico de drogas, um colete a prova de balas , além de eletricidade, água encanada e internet.

O laboratório ficava às margens do Rio Cocó, e só foi descoberto pelos agentes da segurança após denúncias anônimas. Ao chegarem no local, os policiais foram recebidos com tiros e revidaram. Os criminosos conseguiram fugir, e não houve feridos.

Na mata, os policias encontraram o local que funcionava subterraneamente. A estrutura ainda estava inacabada, dividida em dois compartimentos. Nenhuma arma foi encontrada, mas os agentes acreditam que o espaço seria utilizado para guardar drogas e munições.

No vídeo, os policiais explicam que “olheiros” estavam espalhados pelo local para observar a movimentação dos agentes da segurança.

Polícia desmonta laboratório subterrâneo de drogas às margens do rio Cocó: https://t.co/dB0lBLr518 pic.twitter.com/M8nxYcGdWE

— O POVO Online (@opovoonline) 11 de outubro de 2019

 

O POVO Online procurou a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS) para esclarecimento à respeito do laboratório subterrâneo de drogas encontrado pelos agentes, e em nota o órgão informou que também foi encontrado no local embalagens plásticas contendo fermento em pó e bicarbonato de sódio, substâncias usadas para aumentar a quantidade do entorpecente fabricado, uma balança de precisão e sacos utilizados para embalar drogas.

A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) também foi acionada para auxiliar nos trabalhos policiais, coletando evidências para perícia. Todo o material foi encaminhado ao 8° Distrito Policial (DP), onde o caso foi registrado. Diligências seguem em curso na região, com o intuito de identificar os envolvidos na atividade ilícita.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o(85) 3101-2950 do 8° Distrito Policial (DP). O sigilo e o anonimato são garantidos.

FONTE: O POVO ONLINE