PSD inicia movimento de expansão pelo Ceará com presença de Kassab

O PSD de Domingos Filho, Domingos Neto e Patrícia Aguiar começa nesta quarta-feira, 18, ofensiva pelo Interior do Ceará. A ideia é angariar filiados e aliados político para o pleito municipal do próximo ano. Para isso, as lideranças locais contarão, até mesmo, com apoio do ex-ministro da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab.

Kassab acompanha a delegação pessedista no primeiro destino, Limoeiro do Norte, no Vale do Jaguaribe. Depois, o grupo, que ainda conta com a deputada estadual Érika Amorim, segue para para o Litoral Leste do Estado, em Aracati, passando por Pacatuba, Iguatu e Juazeiro do Norte.

Além do tato político dos líderes da agremiação, o movimento de expansão se explica, em parte, pela resolução nacional do PSD, de março, determina que o partido deve lançar candidaturas majoritárias próprias nos municípios com mais de 100 mil eleitores e cidades com geradores de televisão. Seria o caso de Fortaleza, não estivesse o partido presente no arco de aliança do prefeito Roberto Cláudio.

Afora a Capital, porém, o ritmo do partido já incomoda a base do prefeito. Exemplo disso é a saída do prefeito de Pacatuba, Carlomano Marques, do MDB de Eunício Oliveira. O ex-presidente do Senado Federal e atual presidente do MDB Ceará, inclusive, olha as investidas com preocupação, interessado que está, também, em 2020.

“O PDT colocou a eleição de Fortaleza como prioridade. Nós também colocamos como prioridade a eleição do prefeito Naumi em Caucaia. É muito razoável que nesse processo de composição, se respeite os espaços conquistados pelos partidos. Já aconteceu na eleição passada”, disse Domingos Filho no último dia 10.

O POVO Online vai acompanhar a agenda do partido no Interior.

Fonte: O POVO Online