Quatro homens são presos após perseguição policial

Os suspeitos ainda chegaram a abordar uma mulher, em tentativa de roubo ao veículo dela, um Fiat Punto, mas foram contidos pelos policiais

Um veículo com quatro ocupantes chamou a atenção de policiais de Mauriti, interior do Ceará, por portar uma placa da cidade de Abaré, na Bahia. A atitude dos homens foi considerada suspeita, e os policiais começaram uma perseguição. Após fuga, troca de tiros e tentativa de roubo a um outro veículo, os quatro foram presos. Com eles, uma arma de fogo foi apreendida.

O caso aconteceu na tarde desta quarta-feira, 3. Segundo o Major Lucivando Rodrigues, comandante da 3ª Cia do 2º batalhão de Brejo Santo, os suspeitos circulavam em Mauriti. O município fica a cerca de 499 quilômetros de Fortaleza. Após verificar que a placa do veículo era de Abaré, uma cidade do estado da Bahia, observou-se um comportamento suspeito dos quatro ocupantes. Ao iniciar perseguição, eles fugiram da Polícia.

O veículo, de modelo HB20S, seguiu em direção ao centro da cidade. Segundo a Polícia, os homens abandonaram o carro em um beco sem saída e fugiram a pé. A Força Tática de Brejo Santo foi acionada e deu apoio à Polícia local. Houve troca de tiros entre os suspeitos e a Polícia.

De acordo com a Polícia, os suspeitos ainda chegaram a abordar uma mulher em tentativa de roubo ao veículo dela, um Fiat Punto, mas foram apreendidos pelos policiais e encaminhados para a Delegacia Municipal de Mauriti. Com eles, foi apreendido um revólver calibre 38 com aproximadamente 12 cartuchos. Um dos suspeitos é menor de idade.

Veículo roubado

O veículo que eles usavam no início da perseguição havia sido roubado em Petrolina, no Estado do Pernambuco, no dia 28 de março. O carro foi levado em um assalto, onde o menor de idade teria sido o principal autor do crime. A placa utilizada era de um outro veículo.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado em Pernambuco, além do carro, foram levados um colar (que foi arrancado do pescoço da vítima), um celular, documentos pessoais, R$ 150, cartões de crédito e um cachorro da raça poodle. Segundo a vítima, a ação teria sido registradas por câmera de segurança.

Fonte: O POVO Online