Quem é Mario Frias, cotado para substituir Regina Duarte na Secretaria da Cultura

Com a ida de Regina Duarte para a Cinemateca Brasileira, anunciada na tarde desta quarta-feira, 20, o cargo titular da Secretaria de Cultura do Governo Federal ainda não tem substituto oficial. Informações dão conta, porém, de que o ator Mario Frias, de 48 anos, irá assumir a posição.

Apoiador de Bolsonaro, Frias é considerado parte da “ala ideológica” que forma a base de apoio ao presidente. Sua antecessora sofria duras críticas, principalmente de setores ligados a Olavo de Carvalho, por supostamente ter abertura ao diálogo com grupos de esquerda.

Embora tenha sido um dos poucos apoiadores, no ramo artístico, da indicação de Regina Duarte à Secretaria da Cultura – estando inclusive presente à cerimônia de posse no começo do mês-, o ator se colocou à disposição do presidente, já antecipando o enfraquecimento sofrido pela atriz no cargo. “Para o Jair, o que ele precisar eu estou aqui”, disse, em entrevista ao canal CNN. Na manhã de terça-feira, 19, Bolsonaro compartilhou vídeo da entrevista em seu Twitter. No mesmo dia, Frias almoçou com o presidente no Palácio da Alvorada.

Mario Frias construiu sua carreira na televisão. Em 1999, foi protagonista da novela Malhação, da Rede Globo, e esteve em outros folhetins do canal. Passou também por RedeTV!, Record e Bandeirantes. Nestas emissoras, trabalhou como ator e apresentador de programas. Atualmente é comentarista do Aqui na Band, na rede Bandeirantes, e apresentador do A Melhor Viagem, na RedeTV!.

O ator já foi casado com a também atriz Nívea Stelmann, entre 2003 e 2005, com quem tem um filho, Miguel. Desde 2008, é casado com a publicitária Juliana Camatti, e em 2008 o casal teve a filha Laura.

FONTE: O POVO ONLINE