Saque emergencial do FGTS: pagamento começa nesta segunda

O pagamento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para trabalhadores com contas ativas e inativas começa nesta segunda-feira, 29. A liberação do resgate emergencial de até R$ 1.045 ocorrerá de acordo com escala determinada a partir do mês de nascimento, começando pelos nascidos em janeiro.

Para depositar o valor, a Caixa irá abrir automaticamente uma Poupança Social Digital no nome de cada trabalhador. A quantia poderá ser usada para pagar contas e boletos. Além disso, com o cartão de débito virtual e QR code será possível fazer compras em estabelecimentos como padarias, supermercados e farmácias. Depois o valor poderá ser transferido e resgatado, sendo no dia 25 de julho para os nascidos em janeiro.

O saque emergencial foi autorizado devido à pandemia do novo coronavírus, de acordo com a Medida Provisória 946, publicada em abril de 2020. Ao todo serão 121 milhões de profissionais contemplados, totalizando cerca de R$ 37,8 bilhões.

Quem será contemplado?

O recebimento do benefício é opcional, e o trabalhador tem até 10 antes do início do seu calendário de crédito para avisar que não deseja receber o valor.

O saque estará disponível para os trabalhadores que possuam saldo ativos ou inativos nas contas do FGTS, podendo receber no máximo R$ 1.045, não podendo sacar mais do que essa quantia. A regra se aplica mesmo que a pessoa tenha mais de uma conta ativa ou inativa. Caso o trabalhador possua menos de R$ 1.035, poderá retirar apenas aquele valor.

De que forma consigo saber de tenho direito ao benefício?

Os interessados em descobrir se possuem direito ao benefício devem entrar no site da Caixa e clicar na sessão do FGTS, por meio deste link (fgts.caixa.gov.br). Aqueles que preferirem, podem ligar para a central de atendimento, por meio do número 111 e escolhendo a opção 2.

Como ocorrerá o saque?

O valor será depositado em uma Poupança Social Digital, que será aberta automaticamente pela Caixa em nome de cada trabalhador. Você só poderá movimentar esse dinheiro, inicialmente, pelo aplicativo Caixa Tem. Esta medida serve para evitar o deslocamento das pessoas até as agências.

O pagamento de boletos e contas e até mesmo compras em compras em padarias, supermercados e farmácias e outros estabelecimento poderá ser feito pelo aplicativo da Caixa Tem.

Após a data de disponibilização para saque ou transferência a quantia poderá ser transferida para contas em qualquer banco, sem custos, podendo também sacar em espécie.

Quando o saque estará disponível

O saque ocorrerá de acordo com o calendário divulgado pela Caixa, conforme a data de nascimento dos profissionais.

FONTE: O POVO ONLINE