Secretaria da Saúde divulga plano de enfrentamento ao coronavírus

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) divulgou nesta terça-feira, 11, o Plano de Contingência Estadual de Enfrentamento ao Novo Coronavírus (Covid-19). O documento apresenta as estratégias traçadas para a prevenção e o controle da doença. As diretrizes no plano dizem respeito sobre ações de profissionais da saúde e atitudes que devem partir da população.

Um dos propósitos é estabelecer formas de integrar o trabalho a partir de análises, dados e levantamento dos setores da vigilância epidemiológica, imunização, vigilância sanitária, vigilância laboratorial, atenção primária à saúde e também da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O planejamento divulgado pela Sesa inclui uma seção inteiramente dedicada a fornecer direcionamentos sobre como divulgar informações da doença e comunicar a população sobre o cenário no mundo e no Estado. Desde sintomas, formas de prevenção e maneiras de tranquilizar a população. Já que, até o presente momento, não há casos da doença confirmados da doença no Brasil ou no Ceará.

O secretário da Saúde do Ceará, Carlos Roberto Martins, afirmou que plano de contingência que será implementado no Estado está de acordo com as recomendações do Ministério da Saúde e os padrões internacionais de segurança. “As diretrizes contemplam, por exemplo, logística de diagnóstico, infraestrutura de unidades e a proteção dos trabalhadores. Também tomamos todas as medidas cabíveis para informar corretamente e acalmar a população acerca do novo coronavírus”, destacou o secretário.

De acordo com o documento divulgado, o plano de enfrentamento de epidemias tem por obrigação: definir responsabilidades e prioridades nas esferas estadual, regional, municipal e local, assim como também organizar o fluxograma de resposta às emergências em saúde pública. O documento traz ainda orientações e recomendações de medidas de controle e prevenção da doença, de forma ativa, imediata e oportuna, além de definir fluxos de referência para atendimento aos casos suspeitos com sintomas respiratórios leves e graves.

As diretrizes impostas pelo plano passam a entrar em vigor imediatamente, como forma de prevenir uma possível epidemia do novo coronavírus no Ceará. O planejamento completo pode ser consultado aqui.

FONTE: O POVO ONLINE