Sesa planeja realizar concurso público para preencher 7 mil vagas

A Secretaria de Saúde (Sesa) deverá abrir concurso público para preenchimento de cerca de sete mil vagas até o primeiro semestre do ano que vem. Estudos de redimensionamento de pessoal que estão sendo feitos pela pasta em todas as unidades do Ceará. A informação é do titular da Sesa, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho (Cabeto).

“Estamos em processo de modificação do sistema de governança e esperamos modernizar a forma de trabalho dentro dos hospitais do Estado. Há uma precarização histórica do serviço de saúde, já que grande parte dos profissionais é terceirizada ou trabalha por cooperativas. Isso é ruim não só para o profissional, que fica sem acesso a um plano de carreiras, mas também para a população, que não tem à disposição um corpo clínico fixo que a atenda”, destaca Cabeto.

Segundo o secretário, a metodologia do concurso ainda está sendo estudada para definir, por exemplo, qual forma de contrato será executada. “Atualmente, uma parte da gestão está sendo feita por uma Organização Social (OS), que é o Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH). A ideia é ter outra metodologia, onde o sistema seja verticalizado, com plano de carreira para todas as profissões. Para isso, é preciso que haja vínculos empregatícios, ou seja, fazer com que um indivíduo que trabalhe para um pequeno município tenha o mesmo vínculo de um que trabalhe para o Estado”, exemplifica.

O redimensionamento da rede de saúde pública que está sendo realizado pela Sesa tem a previsão de terminar em março de 2020. De acordo com o secretário, a iniciativa de utilizar métodos de compliance (adequação a leis e regulamentos externos e internos) para a gestão da saúde é inédita no Brasil e está sendo apresentada como experiência modelo.

FONTE: O POVO ONLINE