Sistema prisional do Ceará zera o número de fugas por dois meses seguidos

O registro de fugas nas unidades prisionais do Ceará diminuíram de 83 para zero no mês de abril, em um comparativo entre 2018 e 2019. Esse é o segundo mês consecutivo que o Sistema Penitenciário não registra fugas. Os dados fazem parte das estatísticas do Sistema Penitenciário Cearense.

No mês de março deste ano também não foi registrado fuga. Já no mesmo período de 2018, o número chegou a 32. Em fevereiro foi registrada uma fuga, uma diminuição em relação ao ano passado, que registrou 32 casos.

Em janeiro de 2019 foram 41 fugas, uma diminuição de 57% em relação a janeiro de 2018. As estatísticas gerais do sistema penitenciário do mês de abril registraram um total de seis mortes de detentos, que segundo o órgão são de causas naturais.

Em relação ao monitoramento eletrônico, 657 pessoas são monitoradas devido audiências de custódia, 165 relacionadas a Maria da Penha e 3.225 sobre outros casos.

Esses monitoramentos também são separados por tipo de decisão, sendo que 1.184 estão monitorados por prisão domiciliar, 326 por trabalho externo, 2.372 por medidas cautelares e 165 por medida protetiva. Os dados são referentes ao mês de abril.

Atualmente, conforme o relatório, o sistema prisional cearense possui um excedente de 12.092 presos. A capacidade é para 9.740 detentos, mas com o total para 21.832.

Fonte: O POVO Online