Suspeito de latrocínio em Pacatuba foge e acaba preso no Maranhão

Alaiton Sousa de Araújo, de 28 anos, suspeito de um latrocínio (roubo seguido de morte) em Pacatuba, foi preso por equipes da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) da Polícia Civil do Maranhão, na cidade de São Luís (MA).

Uma investigação desencadeada por policiais civis do 24º Distrito Policial (24ºDP), que compreende a área de Pacatuba, resultou no cumprimento do mandado de prisão temporária contra Alailton Sousa de Araújo, 28, vulgo “Bodó”. O homem foi detido, na tarde dessa terça-feira, 14, por equipes da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) da Polícia Civil do Maranhão, na cidade de São Luís.

Alailton Sousa é suspeito de ter cometido latrocínio no dia 26 de fevereiro de 2019. Após o crime, o homem fugiu do Ceará, indo morar na capital do Maranhão. Após levantamentos, os investigadores cearenses obtiveram o endereço atual do investigado e solicitaram auxílio da SHPP, que deu cumprimento ao mandado.

Depois do cumprimento da ação judicial, Alailton foi encaminhado ao Centro de Triagem do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, onde ficará preso, à disposição da justiça.

Fonte: O POVO Online