Taxa de analfabetismo permanece em queda no Ceará

Taxa de analfabetismo de jovens acima de 15 anos está em queda no Ceará

A taxa de analfabestismo no Ceará permanece em queda, segundo aponta a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgada nesta quarta-feira, 19. O percentual cearense tem apresentado sucessivos declínios em todas as faixas etárias analisadas. Mesmo com os avanços, os indicadores do Estado ainda superam a média brasileira. Dados foram coletados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Entre os cearenses com 15 anos ou mais, 15,2% estavam dentro da faixa de analfabetismo em 2016. No ano seguinte, a taxa recuou para 14,2% e em 2018 voltou a cair, chegando a 13,3%. A média nacional deste grupo variou de 7,2% em 2016 para 6,8% no ano passado. Todas as faixas de idade acima de 15 anos também apresentaram melhorias nesse período, tanto localmente quanto nacionalmente.

Sobre a taxa de escolaridade, Ceará e Brasil exibiram leve desaceleração. Em 2018, 28,1% dos cearenses frequentavam a escola, enquanto que a proporção era de 28,9% dois anos antes. Os números no Estado são melhores do que a média brasileira. A taxa de escolarização no Brasil foi de 27,5% em 2016 para 27,1% em 2018.

No ano passado, a faixa de idade que apresentou mais matrículas no Ceará foi a entre 6 anos e 14 anos: 99,5% frente aos 98,7% de 2016. Nacionalmente, o indicador que antes era 99,2%, em 2016, passou para 99,3%, em 2018.

A faixa etária que apresenta a menor taxa de escolarização é a de 25 anos ou mais. No Ceará, o percentual de 4,2%, de 2016, subiu para 4,9% no ano passado. A média brasileira foi de 4,2%, em 2016, e chegou a 4,6% em 2018.

Fonte: O POVO Online