TCU suspende licitação da Linha Leste do Metrô de Fortaleza

O Tribunal de Contas da União (TCU) suspendeu cautelarmente, na tarde desta quarta feira, 1º, a licitação para as obras da Linha Leste do Metrô de Fortaleza. A decisão ocorreu para verificação de denúncia apresentada pelo Consórcio Metrô Linha Leste Fortaleza, formado pelas empresas Acciona Construccion S.A. e Construtora Marquise S.A., apontando irregularidades na tramitação da concorrência pública.
Após receber notificação do órgão, a Secretaria da Infraestrutura do Ceará (Seinfra) terá 15 dias para se manifestar sobre as irregularidades apontadas pelo Tribunal.
Entre as irregularidades está o descumprimento do consórcio vencedor em não atedender ao item presente no edital que especifíca o modo de escavações de túneis. O TCU também apresentou atestados de comprovação técnico-profissionais não reconhecidos pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-CE).
O POVO Online entrou em contato com a Seinfra, que informou que ainda não havia sido notificado pelo TCU.
Recursos
Antes orçada em R$ 2,3 bilhões, a obra da Linha Leste teve seu valor reduzido para R$ 1,85 bilhão. R$ 1 bilhão corresponde ao recurso do BNDES e outros R$ 673 milhões serão do Tesouro Nacional. O Governo do Estado entrará com R$ 186 milhões.
Fonte: O POVO Online