Vítimas sobreviventes podem estar soterradas em bolsões de ar

Bombeiros seguiram trabalho durante o período da madrugada

Vítimas sobreviventes do desabamento do Edifício Andréa, no bairro Dionísio Torres, podem estar soterradas em bolsões de ar que se formaram na estrutura após o acidente. A informação foi dada pelo comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Eduardo Holanda, durante coletiva na noite desta quarta-feira, 16.

“Estrutura de prédio tem bolsões (de ar) que as pessoas podem estar lá”, disse o comandante. De acordo com ele, os cães alarmaram para a existência de pessoas nos escombros. “Estamos fazendo um trabalho manual de retirada de escombros”, ressalta.

Sobre o uso de maquinário nesta tarde, o coronel do Corpo de Bombeiros afirmou que foram utilizadas máquinas para duas lajes que colocavam os bombeiros em perigo. O objetivo é que seja realizado apenas o trabalho manual, mas em casos pontuais o maquinário pode ser usado.

O balanço do Corpo de Bombeiros da quarta-feira, 16, apontava para sete resgatados com vida, três mortos e outras sete pessoas que estão nos escombros. O trabalho, conforme o oficial, tem sido 24 horas por dia e as escalas estão divididas por turno.

FONTE: O POVO ONLINE